Veja os Cultos: Em Laranjeiras – Segunda-feira, as 19h30; Terça-feira, as 15h00; Quarta-feira, as 19h30; Sexta-feira, as 12h00 e as 19h30; e no Domingo, as 8h00 da manhã.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Um culto que tem chamado a atenção de muitas pessoas vem acontecendo na Nacional Abrigo de Deus

o cantor Agnaldo dando seu testemunho de vitórias na igreja ao lado do Bispo Luciano 
Hoje, 14/04, como em todas as terças, tem acontecido os cultos de libertação. Muitas pessoas saem de locais do centro da cidade, povoado e bairro como Pedra Branca e vão cultuar na Igreja Nacional Abrigo de Deus. 
Hoje por incrível que parece, o Bispo Luciano que tem pregado a mensagem falou sobre “o cântico de Ana”, mensagem bíblica escrita no livro de 1º Samuel 2 a partir do versículo 5. Ana era uma mulher que foi humilhada, sofreu muito por não poder ter filhos, mas o foco principal dela mesmo sendo humilhada e sofrendo durante anos, era que acreditava em Deus. 
No meio da história do texto, o bispo falou em dois jovens que iam ao culto de moto numa cidade do Rio de Janeiro, havia um tiroteio e entre as balas perdidas uma cruzou e acertou um dos jovens. A bala pegou na bíblica e ficou alojada exatamente em Salmo 91, onde diz o versículo 7 que “Mil cairão ao teu lado, e dez mil a tua direita, mas tu não será atingido”. A bala alojada na bíblia não atingiu os jovens.
Por incrível que pareça, Ana foi humilhada o tempo todo pelas mulheres que podiam ter filho e as zombarias eram grandes, mas ela permaneceu firme no Senhor e venceu todas as barreiras e teve filhos, como diz 1º Samuel 2:5, que “até estéril deu a luz a sete filhos...”, uma prova de que quem estar com Cristo e permanece nEle, a vitória pode demorar, mas chega. 
No final do culto, o bispo começou a orar e algumas pessoas ele mesmo escolheu para orar.  Duas delas estavam bastante enfermas. Uma disse que estava com problemas na Coluna há mais de dois anos e que não podia nem se agachar. Quando o bispo orou, não bastou dez minutos de oração, logo ela ficou curada e se agachava por várias vezes dizendo ela e sua colega que não acontecia isso antes. A outra foi uma jovem, com um assunto mais delicado e que o bispo disse ter pressa em ajuda-la. É que ela está ouvindo vozes que mandam matar seu próprio filho. Não fez isso ainda e o bispo ficou de dar essa assistência espiritual a ela. 
Os resultados são reais, a exemplo o cantor Agnaldo e Seus Teclados. O depoimento dele recentemente, no último domingo, dia 12/04, já foi totalmente de vitorias – o que antes disse em público está enfermo, desprezado, sem convites para tocar e com duas Avc, que já teve.  Hoje não tem mais a depressão, é chamado diariamente para tocar e sua vida tem mudado. 
Mais depoimentos e testemunhos estaremos divulgando no jornal Folha Nacional Abrigo de Deus, que deverá circular na igreja a partir do final de abril